5 Características de empresas que não conseguem crescer

Olá, hoje vou escrever sobre um assunto que acredito ser no mínimo obrigatório para empresas que estão com dificuldades no crescimento e estão estagnadas no tempo.

Vou citar resumidamente 5 pontos que considero ser alguns dos principais motivos de fazer empresas ficarem muito tempo no mesmo patamar e até mesmo chegarem ao ponto de fecharem as portas depois de alguns anos e até meses por não perceberem que estavam errando feio na hora de empreender e abrir um negócio realmente sustentável.
Analise bem cada ponto abaixo e se estiver cometendo algum erro pare imediatamente para soltar o freio da sua empresa e ir longe com seu negócio.

Medo de arriscar e crescer

Sentir aquele friozinho na barriga é normal quando corremos certos riscos, mas para empreender de verdade é obrigatório que você tenha prazer em se arriscar em novas negociações e fechamento de parcerias. Um bom empreendedor ou empresário sabe como calcular o risco e saber a viabilidade de certa atitude sem desperdiçar as oportunidades que aparecem em sua frente.

Saber aproveitar novas mídias, novas técnicas de prospecção de clientes e vendas é o mínimo para conseguir crescer em qualquer que seja o ramo de atuação da empresa e juntamente com qualidade e principais pontos que diferenciam você da concorrência, sem dúvidas não irá ficar estagnado no tempo.

Desde modo a lição aqui é saber calcular o risco e sempre se aventurar para conseguir novas oportunidades, caso queira ficar apenas no campo de acomodação do mercado e não correr risco fique à vontade, mas o crescimento da sua empresa irá depender do quanto você se arrisca e inova em seu mercado.

Não possuem foco

Você conhece alguma empresa que iniciou fazendo de tudo e atendendo todos os públicos e mesmo assim conseguiu crescer e se tornar uma multinacional ou então uma referência em determinado mercado? Eu não conheço nenhuma…

Isso acontece pela falta de foco, uma empresa que não tem clareza em seu objetivo para o mercado não consegue crescer porque ela mesma não sabe onde quer chegar e assim não sabe como fazer para dar o próximo passo e ir crescendo ao decorrer do tempo.

Um negócio que faz de tudo e atende todos os tipos de públicos, na verdade não é especialista em nada, e é por esse motivo que tentam fazer de tudo para manter as portas abertas.

Antes de iniciar um empreendimento saiba onde quer chegar, faça um estudo de mercado antes de decidir definitivamente como será a sua empresa e como ela irá trabalhar. Esse é o melhor modo de começar um negócio realmente sustentável.

Faça adaptações no meio do caminho e ajeite as coisas quando tiver mais maturidade no mercado, mas jamais mude totalmente seu nicho de mercado ou ramo de atuação, se fizer isso está comprovado que cometeu um erro ao iniciar esse tipo de empresa ou esse modelo de negócios.  Então pense bem antes de iniciar alguma coisa simplesmente por achar que deve fazer.

Se trabalha com internet confira essas técnicas ninja para ter mais produtividade na internet

Misturam as finanças pessoais e empresariais

Esse erro muitas empresas cometem e acreditam que usar o caixa da empresa para pagar uma conta pessoal ou comprar um carro para a família não tem nada de mais, mas na verdade é um erro gravíssimo.

Usar o dinheiro da empresa para uso pessoal ou vice versa é ruim na mesmo proporção, pois suponhamos que você tenha uma dívida pessoal e busque equilibrar as coisas “o que muitos dizem” na verdade você estará puxando a outra parte para o buraco também, e fazendo isso você pode até sentir uma tranquilidade momentânea, mas a longo prazo verá que está atrasando seus negócios e a sua vida quando injeta dinheiro de um lugar no outro.

O melhor a fazer nesses casos é separar as finanças pessoais das finanças da empresa e saber administrar ambas de modo que fiquem sustentáveis, e se caso uma delas ficarem ruins não corra para pegar dinheiro da outra parte, ao invés disso busque maneiras de crescer e aumentar seus ganhos sem precisar sugar dinheiro de outro lugar.

Se você não separa a renda da sua empresa com a sua renda pessoal desafio você a fazer isso por 6 meses, tenho certeza que não irá mais conseguir voltar a fazer isso após conhecer e sentir os benefícios de separar cada renda para seu determinado objetivo. (Se tiver dúvidas de como fazer isso é só dizer nos comentários que irei te ajudar nesse processo)

Desistem facilmente

Quando falo em desistir não me refiro apenas a deixar negócios inteiros de lado, mas também os pequenos projetos e planos de negócio.

A maioria das empresas acabam fechando as portas pelo fato de desistirem muito facilmente de algumas ideias e projetos já iniciados apenas porque algo não saiu como planejado. No mundo empresarial o erro e o fracasso fazem parte do dia a dia e você irá se debater com situações assim o tempo todo.

Mas o segredo é sempre ir melhorando a nunca desistir de algo que você viu que pode sim dar certo em sua empresa e que você consegue fazer, mesmo que custe alguns erros e fracassos para isso dar certo.

Desistir no mundo empresarial não existe, o que pode acontecer é o seu planejamento mudar e você ser obrigado a optar por outras alternativas para chegar ao mesmo ponto que tinha em vista no início do projeto. Ou então abrir mão de certas coisas porque percebeu que não era viável fazer daquele modo, sendo que existe outros meios melhores.

Então não desista, faça as coisas com persistência e não deixe os fracassos te desanimarem, mas faça isso com cautela e bastante estudo de mercado, só assim terá certeza de que realmente dever é persistir em certo planejamento e que não sairá com prejuízos no final de tudo.

Não conhecem o público

Caso você não cometa nenhum dos erros acima e mesmo assim as coisas não vão muito bem para sua empresa, possivelmente pode ser pelo motivo de você não conhecer quem é realmente é o seu público.

Muitas empresas que não conseguem crescer colocam a culpa em fatores externos como: o mercado, o cliente, a economia e etc.

Mas na verdade a culpa é sempre da empresa, pois é papel dela conhecer o público no qual trabalha. Conhecer o público vai muito além de conhecer quem consome seu produto ou saber a idade, sexo e hábitos dessas pessoas. Muitas vezes você saberá exatamente quem são as pessoas que querem o que você vende mas é preciso ir além: Entregar na qualidade ou do modo que essas pessoas esperam.

Quando isso acontece pode ser duas coisas:

1- Sua metodologia de trabalho está errada ou seus funcionários (colaboradores) não estão fazendo exatamente como a empresa declara fazer ao público e isso pode ser um erro de comunicação. E errar na comunicação acaba com todo o resto. É como eu divulgar um produto azul para quem está buscando um vermelho.

2- Você pode estar atuando na área errada, sei que isso pode soar um pouco ruim mas devemos ter em mente que essa possibilidade existe sim. Algumas vezes podemos atuar em uma área similar a nossa, mas que na verdade não somos totalmente especializados e isso faz uma grande diferença para o consumidor final. Aliás, os consumidores de hoje estão cada vez mais exigentes.

Faça um estudo profundo sobre o seu mercado, como seus consumidores vem agindo atualmente e procure se especializar na área. E só após esse estudo, entre de cabeça no negócio.

Meu objetivo com este artigo é deixar claro que alguns erros simples podem acabar com a sua empresa se não tiverem a atenção devida. Então analise com carinho as dicas acima e veja se não está cometendo algum deles.

Se tiver qualquer dúvida ou sugestão de algum outro ponto que você considera um veneno para o crescimento de um negócio, compartilhe comigo e com outras pessoas através dos comentários abaixo.

Também vou pedir a você que deixe seu feedback abaixo pra eu saber como estou indo com esses conteúdos que compartilhamos aqui no site e se preferir curta ou compartilhe nas redes sociais para seus amigos participarem também deste artigo.

Sucesso e até próxima!!!

Categoria: Marketing, Vendas
Post anterior
O Maior erro de anunciar em jornais, revistas e internet
Próximo post
5 perfis de empresários que podem falir a qualquer hora
Menu