Falta dinheiro para publicidade? Isso pode ajudar

Todo empreendedor enfrenta desafios quando o assunto é reservar dinheiro para publicidade e propaganda, sendo esse um investimento de extrema importância para o fortalecimento da marca e em todas as áreas de comunicação e vendas do seu negócio. Sem dúvidas a publicidade é um dos melhores investimentos para influenciar seus clientes e gerar mais vendas.

Reservar um valor mensal para investir em publicidade e propaganda ou até mesmo em estratégias de Marketing, separam empresas que de fato entram no jogo para ganhar, das que entram no jogo para perder.Infelizmente muitos empreendedores enxergam a publicidade e propaganda como custo extra e deixam de investir e duplicar do retorno sobre o investimento.Em momento difíceis muitos pensam em cortar a verba de marketing e publicidade, sendo que são nesses períodos que o empreendedor deve investir ainda mais para aproveitar as oportunidades e se destacar da concorrência que deixou de investir.Um dos fatores que fazem as empresas não investirem em publicidade sem dúvidas é a falta de planejamento financeiro.Mas o que fazer quando falta a verba para a publicidade e propaganda na empresa?

Listei 3 dicas básicas para a sua empresa não deixar de investir no marketing e na publicidade e até mesmo economizar no orçamento e desse modo conseguir sair na frente de muitos outros empreendedores que cometem o erro de se acomodar e achar que tudo está perfeito nesse mundo que esta em constante mudança.

Guarde pelo menos 10%

Não estamos falando de finanças pessoais, mas existem alguns conceitos que são interessantes aplicar no dia a dia empresarial.

Dependendo do tamanho do seu negócio, guarde 10% do lucro ou até mesmo do faturamento líquido da empresa para investimento em publicidade e propaganda.

Se analisarmos os cálculos veremos que de médio à longo prazo é possível ter um orçamento disponível e se preparar para momentos difíceis e até mesmo continuar investindo sem se preocupar se a conta irá fechar ou não. Vamos aos cálculos:

Supondo que a sua empresa tenha um faturamento líquido mensal de 20 mil reais e dessa verba 10% você separe para publicidade e propaganda, então você teria 2 mil reais por mês reservados exclusivamente para isso.

Em 6 meses você teria uma verba disponível de 12 mil, e claro que agora com essa verba você consegue investir com muito mais segurança porque é um orçamento que não irá prejudicar o caixa da empresa ou sua reserva pessoal.

No começo é um desafio colocar essas ideias em práticas, mas conforme o tempo vai passando você vai se ajeitando e separando essa verba.

Faça a sua empresa ser sustentável a longo prazo não somente separando a verba de marketing, mas em todo os departamentos da empresa.

Anuncie onde gera resultado

Agora que você tem 12 mil em caixa para investir em publicidade e propaganda, pegue uma pequena porcentagem dessa verba e crie um planejamento das mídias que já te gerou algum tipo de resultado ou em locais em que seus clientes mais costumam frequentar, locais como jornais, revistas, mídias sociais, Google e etc.

Não utilize toda a verba, use apenas uma parcela, pois o restante dessa verba será acumulado com os 10% do faturamento que você continuará acumulando nos próximos meses. Lembra?

Tenha sempre uma previsão de mercado, a situação do momento, a sazonalidade (épocas comemorativas), analise o momento de compra e perfil do seu cliente. Com essas informações você consegue ter uma previsão e expectativa de retorno. Se tiver dificuldades busque um profissional qualificado para lhe orientar.

Crie sempre uma meta de faturamento líquido sobre o investimento na campanha de publicidade. Se você investir 6 mil, então crie uma meta de 30% de crescimento (é apenas um exemplo). Veja o abaixo:

João quer investir 6 mil reais em publicidade em sua loja de calçados, mas ele sabe que anunciar no Facebook e também em uma revista que fale de moda, pode gerar um grande retorno, pois é onde seus potenciais clientes estão. Mas a estimativa do João é que com investimento de 6 mil reais nessas mídias, ele tenha um retorno de 30% sobre o investimento dando a ele um lucro de 1.800,00 reais.

A história do João é apenas um exemplo, sendo que os valores podem variar de acordo com cada tipo de meta e negócio.

Comunicação Segmentada (Target)

Se você já tem sua reserva de publicidade separada, definiu suas metas de retorno e em qual mídia irá trabalhar, então agora veja o último item.

Comunicação segmentada de clientes

Não queira usar seu anuncio ou propaganda para impactar todos os seus clientes, filtre para o perfil que de fato tem a maior possibilidade de comprar de você e aproveite o máximo de seu investimento.

Para fazer isso, recomendo que você analise o perfil dos seus atuais clientes e separe em grupos distintos em categorias como sexo, idade, estilo de vida, se compra frequentemente ou não, etc…

Por exemplo:

João analisou a lista de clientes da sua loja de calçados e chegou a uma conclusão de que mulheres jovens de 25 a 37 anos compram tênis de qualidade para irem a academia, mas João percebeu que o modelo que elas sempre buscam tem um preço mais elevado, porém compõem de um design moderno, por isso as clientes não se importam com o preço. Muitas buscam ter saúde e qualidade de vida. Elas gostam de sempre se reunirem com os amigos e frequentemente usam o Facebook e leem revistas relacionadas a moda e saúde.

Baseando-se no exemplo acima, você já teria o seu perfil de cliente muito bem segmentado, é o momento de fazer uma comunicação de texto e imagem com uma promoção para este perfil de cliente, e claro, você irá utilizar os espaços e mídias corretas para eles sempre se lembrarem da sua marca e serem impactados pela sua oferta.

Viu como é muito mais simples quando se tem um planejamento de verba para publicidade da sua empresa e ainda segmentar seus clientes certos na hora certa? Agora coloque essas dicas em práticas e comece já a aplica-las em seu negócio.

Se você chegou até aqui é porque gostou do conteúdo, então deixe seu comentário logo abaixo e se inscreva para receber mais conteúdos como esses.

Sucesso e até a próxima dica!!!

Categoria: Marketing, Vendas
Post anterior
Quanto custa um site? Minha empresa precisa de site?
Próximo post
O que você esta esperando? A crise acabar?
Menu