Crise econômica – Como fazer sua empresa sobreviver

Você sabe o que está acontecendo não é mesmo?

Estamos passando por uma tempestade perfeita nessa crise econômica atual, altas tarifas nos juros, impostos, inflação e dólar são apenas o início, ainda mais em um país com vários escândalos de corrupção. Mas não vou focar na parte ruim de tudo isso, neste artigo pretendo mostrar a você como não ficar refém desse período difícil que todos passamos no país e fazer sua empresa ficar de portas abertas e passar o ano de 2015 crescendo e obtendo lucros.

Semana passada eu e meu sócio Michel tivemos uma longa reunião para discutir o que fazer para passarmos ilesos por esta crise econômica e fazer a Yoobox expandir como nunca antes, nessa reunião tivemos várias sacadas que podem servir para muitos outros empresários que serão obrigados a passar por 2015 assim como nós.

Assim resolvemos compartilhar esses passos que podem fazer sua empresa sobreviver à crise econômica e passar por 2015 lucrando. De bônus ainda irei te revelar uma sacada incrível e simples que muitos empresários ainda não perceberam nesse tempo de crise, mas isso irei dizer mais à frente.

Agora vamos aos passos de como sobreviver a crise econômica:

Fortalecer o caixa

A primeira coisa que temos que ter em mente quando passamos por alguma crise econômica é que cada centavo faz diferença, então todo gestor de negócios seja ele pequeno ou grande precisa se preparar para custos futuros e saber exatamente quanto de caixa sua empresa consegue gerar a cada mês.

Estamos em dias que tomar decisões rapidamente e saber de onde vem o dinheiro da empresa pode se tornar algo decisivo para mostrar quais empresas vão sobreviver a 2015 e quais vão fechar as portas.

Em épocas de crise é necessário que as empresas se ajustem para sobreviverem!

Enxugar custos de entrega e envio do produto, minimizar custos na produção de serviços, e analisar possíveis demissões em áreas menos importantes podem ser um ótimo caminho para manter o caixa estruturado e evitar perdas de dinheiro, mas muita atenção a cada passo dado pois uma ação errada pode gerar muito mais custo do que economia, por exemplo demitir alguém de um setor errado ou fazer um serviço mal feito.

Investimentos e aplicações

Não estamos em tempos propícios a perder dinheiro, então poupar e não fazer grandes investimentos de risco são regras que devem ser levadas ao pé da letra, escolha bem e aplique seu dinheiro em resultados rápidos e de baixo risco.

Também recomento evitar novos mercados, dê preferência ao que você e sua equipe já entendem e sabem fazer, faça uma análise da sua empresa e veja qual os produtos que mais vendem e descarte os demais, após isso busque maneira de aperfeiçoar a venda desse produto principal para rentabilizar os ganhos.

Quando terminar de ler recomendo que visite um outro artigo em nosso site que mostra “como entender seu cliente e vender 2x mais

Em minha posição me sinto na obrigação de informar algo muito importante para você empresário, como trabalho com marketing consigo ver de modo nítido que em um período pós crise (próximos anos ou meses) o investimento em comunicação de empresas que ficaram estagnadas na crise é muito maior do que o das empresas que se mantiveram com a comunicação com o público durante a crise, pois toda a aceitação de marca e produto precisa ser refeita, e isso leva tempo e dinheiro.

Sendo assim aconselho que você separe uma parcela da entrada mensal da empresa para esse fim, independentemente de estar em meio à crise ou não, isso se trata de um investimento em vendas, investimento interno para sua empresa crescer.

Acredito que você não vai deixar de aplicar no crescimento da sua própria empresa, não é?

Manter as portas abertas

Normalmente grande parte dos problemas são encontrados nos canais de vendas, infelizmente empresas brasileiras possuem o mau costume de ter um gestor comercial que fica com a barriga no balcão esperando as vendas acontecerem do nada.

Em épocas de crise não devemos ficar parados e sim ir para cima e melhorar ainda mais, ficar quieto é atitude de executivo preguiçoso que não busca melhorias na empresa e fica reclamando quando nada de novo acontece.

Já vi muitas consultorias de gestão dizerem que saber estabelecer processos de venda mais eficientes ajuda com a redução de gastos em até 50% se for bem-feita e revista pela equipe de vendas e marketing da empresa. Isso mostra a importância de ficar com a porta aberta e focar nas vendas.

Investir em vendas

Muitos empresários acreditam que diminuir a aplicação em publicidade para aumentar o investimento em outras áreas ajuda a empresa, mas o problema é que cortando a verba nessa área faz com que sua marca fique em silêncio e depois para voltar ao mercado será muito mais difícil de ser ouvida, necessitando de muito mais investimento e tempo para conseguir de volta a atenção dos consumidores.

Fique atento para não calar sua própria empresa, pois seu concorrente ainda vai continuar falando e conquistando o consumidor, isso pode fazer você perder mercado e até mesmo fechar as portas.

Entendendo isso acredito que você não irá fazer com que as vendas da sua empresa enfraqueçam ainda mais, não é mesmo? Lembre-se que estamos em tempos de crise, precisamos vender ainda mais para nos mantermos de pé.

Posso confirmar a você que investir em vendas nos tempos ruins é o melhor caminho para capitalizar nos bons momentos seguintes, pois é nos períodos pós crise que a grande maioria das empresas estão enfraquecidas. Se você manter as forças sem dúvidas irá sair na frente e ganhar muito mercado.

Resumindo:

– Fique de olho no caixa da empresa e saiba de onde vem o dinheiro da sua empresa.

– Tome muito mais cuidado nos investimentos e veja se realmente são necessários.

– Mantenha as portas abertas e se destaque nesse momento onde todos recuam.

– Fortaleça suas vendas ainda mais para rentabilizar o caixa e fechar o ano no positivo.

 

Há, eu não me esqueci da sacada que te prometi no início desse artigo! Não sei se posso chamar de sacada, mas sem dúvidas é algo de se pensar e fazer uma autoanálise da evolução da sua empresa ao decorrer dos anos e saber se ela está parada no tempo ou esta acompanhando as novas metodologias de mercado.

A sacada é você parar e relembrar o que você fazia para divulgar seu negócio há 25 anos atrás, após isso ver o que você faz hoje. Se você estiver fazendo praticamente a mesma coisa que antes é provável que você não saiba o que está funcionando e o que não está funcionando mais.

Como esse assunto sobre a crise é bem amplo e busquei ser o mais claro e direto, não teria como abordar tudo em apenas um artigo. Mas no próximo iremos abordar outros assuntos bem importantes que também discutimos nessa reunião passada sobre a YouBox.

Não perca as outras sacadas, o que você precisa para conseguir passar por 2015 ileso pode estar no próximo artigo que já estamos preparando para você!

Para não perder a continuação dessas dicas é bem fácil e não precisa fazer sacrifício nenhum, é só você se cadastrar para receber nossas atualizações, fique tranquilo pois não cobramos nada por esses conteúdos.

Se gostou do artigo me ajude a espalhar essa informação na internet de uma forma saudável, basta dar sua opinião na área de comentário abaixo ou compartilhar na rede social que você mais usa. Aproveite e acompanhe nossa página no facebook.

Artigo já publicado, confira: Crise Econômica? Veja o que está destruindo o seu negócio.

Espero ver você no próximo artigo, até mais!

Categoria: Marketing, Vendas
Post anterior
Mais resultados – Como seus pensamentos influenciam nele
Próximo post
Crise Econômica? Veja o que está destruindo o seu negócio
Menu