O que você está fazendo do seu nome? Cuidado com os erros!

Todos queremos ser bem falados e reconhecidos pelas pessoas, mas até que ponto levamos isso como prioridade? Veja alguns pontos importantes que devemos refletir referente a este assunto:

Nossos atos

O melhor para termos um bom nome perante as pessoas são nossos atos e nossas atividades diárias.

Seria correto fazer algo que normalmente você não faria, apenas para agradar uma pessoa e ter uma boa aceitação por ela? No meu ponto de vista isso seria totalmente incorreto, pois iria demonstrar algo no qual você não é, e devemos ser reconhecidos pelo que somos e não a forma que agradamos a maioria das pessoas.

O conceito é um só, pois se mudarmos ele uma hora ou outra tudo que já fizemos ira se desfazer, pois é normal das pessoas gostarem de umas e de outras não, e se você se influenciar com pessoas de diferentes caráteres isso vai refletir em você.

A prática de ter uma grande rede de contatos é válida, mas no caso de contatos constantes temos que pensar até que ponto obedecemos a nossa própria ética. Quando começamos a nos influenciar com pessoas que sabemos que não deveríamos, isso vai contra nossa própria ética, e não importam os benefícios que ela te trará, o importante é você primeiramente manter a sua ética e seu nome.

Uma dica muito importante que lhe dou é sempre pensar o nome que você esta fazendo, mas não perante certa pessoa, mas sim perante a Deus, isso ira te responder se você esta passando por cima da sua ética ou não.

Nossas tarefas

Quando somos reconhecidos por nosso trabalho ou nossas obras devemos nos lembrar de que temos tarefas, essas tarefas devem sem cumpridas e obedecidas, já que fizemos delas algo de nos, todas nossas obras e trabalhos partem de nossas tarefas, e caso essas não estejam sendo cumpridas da forma correta, isso pode dizer duas coisas, ou seu nome não é algo realmente refletido no que você faz ou suas obras não são tão boas quanto parecem.

Tenha em mente que tudo que você faz ou diz fazer começa a fazer parte de seu nome, e da mesma forma que se pode cada vez mais acrescentar algo em você, também é possível diminuir a credibilidade ou capacidade presente em seu nome.

O reconhecimento

Já parou para analisar em que realmente você tem credibilidade perante as pessoas? Elas reconhecem você por algo que você realmente é, faz, ou já fez?

Esses são pontos que devemos dar muita ênfase, pois é nesses pontos que vamos descobrir se estamos refletindo o que somos ou estamos passando uma imagem falsa para as pessoas.

Se você quer ser reconhecido por quem você é de verdade, e perceber que algum ponto não esta certo, esta na hora de você mudar isso. E sabe por quê? Vou te explicar:

Não é para você perder a credibilidade de algumas pessoas, mas sim para ser mais verdadeiro para elas e evitar ser conhecido como uma pessoa falsa mais a frente. Pense bem, você já conheceu alguém que era conhecido por dizer que fazia algo e já fez algo em sua cidade, por exemplo? E depois todos descobriram que na verdade não era bem aquilo. Quando isso acontece com uma pessoa ela perde muita credibilidade em seu nome, e toda obra que ela faz é discutível, não arrisque ter um nome assim, seja sincero e seja reconhecido pelo que você realmente é.

A realidade

Hoje muitas pessoas não ligam para o que é certo ou errado, apenas querem ter mais que os outros e serem reconhecidos por isso, e esse modo de pensar não coloca nenhum tipo de limite na pessoa, ela faz tudo para “crescer”.

Essas pessoas dizem saber tudo e fazer de tudo, mas para não aprofundar em tal assunto sempre tem desculpas, ela até mesmo rouba o nome de outra pessoa, ela consegue fazer isso roubando as obras de outros, e não é tão difícil fazer isso. Um exemplo bem fácil para você leitor entender o que estou dizendo, é imaginar que eu copiei esse artigo de outra pessoa, e nesse momento estaria roubando a obra dela e consequentemente roubando o nome dessa pessoa. Apesar de ser algo simples e pequeno, isso pode refletir em coisas grandes ao decorrer do tempo.

Lembre-se que o nome que me refiro neste artigo não é o modo que você é chamado, mas sim o sentimento que as pessoas sentem quando escutam seu nome e ligam você a ela.

A causa

Que todos queremos ter bons nomes isso já sabemos, mas agora vamos entrar no ponto principal de tudo, qual a causa disso? Qual o objetivo de ter esse bom nome?

Tudo que fazemos deve ter uma causa, e de preferência causas boas não apenas para nós mesmos.

Esse artigo foi escrito com o objetivo de você leitor entender e refletir este ultimo tópico, por que você esta tendo uma vida toda e fortalecendo seu nome durante este tempo, o que ira fazer com ele no final de tudo?

As causas mais simples que conheço são: ganhar dinheiro, ser famoso, conseguir aprovação de Deus, ser lembrado ou fazer a diferença nesse mundo. Mas qual é a sua causa real, e será que esta fazendo da maneira correta para isso aconteça?

Veja bem, existe possibilidade de você atingir vários objetivos de uma só vez? Sim existe. Porém temos que tomar cuidado para não atingirmos um ponto e errarmos o outro.

Faça seu nome ter um grande valor, mas faça isso com merecimento e não apenas fazendo as pessoas acreditarem que você é algo que na verdade você sabe que não é.

Faça seu nome ter valor, e não um preço!

Caso tenha alguma outra dica para compartilhar conosco comente a baixo, espero que tenham gostado do artigo.

Até a próxima!

Categoria: Gestão, Marketing
Post anterior
Porque o Google adwords é a ferramenta que atrai clientes
Próximo post
Melhorando as visualizações das suas postagens no facebook
Menu