Você se capacita como empresário ou como funcionário?

Você se capacita como

Todo empresário precisa se capacitar constantemente, e isso não é problema para quem tem perfil empreendedor, mas já parou para analisar se a forma na qual você se capacita, os conhecimentos que você busca e os conteúdos que você consome, são voltados para você se tornar um grande empresário ou um ótimo funcionário?

Você se capacita como

O que é ser um empresário

Nem sempre o que parece obvio realmente é. Por definição, ser empresário é ser dono de uma empresa, mas não podemos nos limitar a isso, um dono de empresa tem muitas obrigações a serem cumpridas.

Diferentemente de um funcionário, o dono da empresa não tem um horário definido para o trabalho, principalmente em casos críticos de situações de problemas ou cumprimento de prazos. Da mesma forma que existem inúmeras vantagens em ser o dono da empresa também existem desvantagens, e uma destas “desvantagens” é que não existe um manual exato de como ser dono da sua própria empresa, não existe um curso que irá te graduar a fazer isso, o que existe são cursos e treinamentos para aperfeiçoar as suas habilidades em determinada área, mas é você quem precisa saber quais.

O que um empresário precisa saber

Para gerenciar corretamente uma empresa é preciso ter diversas habilidades, algumas delas são:

  • Gerenciar pessoas;
  • Delegar funções;
  • Contratar corretamente um bom profissional;
  • Lidar com burocracias e entendê-las;
  • Prospectar e captar novos clientes;
  • Desenvolver um bom produto ou prestar um bom serviço;
  • Desenvolver um bom processo de trabalho para garantir a qualidade;
  • Lidar com dinheiro identificando o que são custos e o que são investimentos que realmente trazem retorno;
  • Preparar líderes para as equipes;
  • E principalmente entender do mercado, sabendo identificar as oportunidades e traçando metas para o crescimento da empresa.

Entendo que algumas pessoas podem ler acima e terem a objeção de que empresário não precisa saber de tudo isso, pois pode contratar profissionais para estas áreas. concordo em partes, pois podemos sim contratar pessoas para cada setor, mas nem todas as empresas têm condições de começarem já com esta estrutura.

Sendo assim, é importante que todo empresário entenda ao menos um pouco de cada área que citei, inclusive para saber delegar estas funções futuramente.

Alguns locais que você pode encontrar formas de se capacitar como empresário é no próprio Sebrae e diversos grupos empresariais que existem, inclusive na sua cidade deve existir algum, um grupo onde donos de negócios se reúnem para trocar experiências e se ajudarem.

Capacitação de funcionário VS Capacitação de empresário

Existem similaridades e algumas diferenças na capacitação de um funcionário e o dono da empresa.

Normalmente funcionários precisam se tornar muito bons em uma determinada área, serem verdadeiros experts no que fazem dentro da empresa, por exemplo, um pintor sempre irá se aperfeiçoar em novas formas de fazer uma pintura mais eficaz aprendendo sobre tipos de tinta, materiais de uma parede, texturas diferentes, ferramentas mais práticas e etc.

E um empresário? em que ele deve se aperfeiçoar? Indo direto ao ponto, um empresário deve identificar as necessidades do mercado e contratar os melhores nessa área, saber conectar a solução a necessidade do mercado.

Simplificando no exemplo acima, enquanto o funcionário se torna cada vez melhor na área de atuação, o empresário está identificando as necessidades do mercado e garantindo uma solução para estes consumidores. Isso é feito através das capacitações que citei acima, saber contratar as pessoas certas e captar clientes, além de todas as demais áreas de background em uma empresa.

Se pretende saber um pouco mais sobre os conhecimentos necessários para um empresário, depois confira este outro artigo que escrevi citando as 5 áreas que todo empresário precisa saber.

O empreendedorismo romantizado

Não sei o ano em que está lendo este artigo, mas escrevi ele em 2021, onde está havendo uma cultura muito forte na internet sobre empreendedorismo que “romantiza” um empreendedor como uma meta de vida obrigatória para quem quer “vencer na vida”.

Mas ser empreendedor vai muito além de colocar na biografia do Instagram que você é um empreendedor.

Um empreendedor enxerga as oportunidades da vida e cria soluções, muitas vezes são produtos e serviços, por este motivo o termo empreendedor está muito ligado a empresas, mas ser empreendedor não se limita a criar um negócio.

Afinal, por que estou citando o empreendedorismo neste artigo? é que esta cultura de romantizar o termo empreendedor também traz vinculação, e ser dono de um negócio ou empresa demonstra que é algo para todos, algo mais simples do que imaginam, mas não é bem assim. Uma pessoa pode ser um grande empreendedor, mas para ser dono de um negócio é necessário que tenha as capacitações necessárias para isto.

Ser empresário não é o único caminho

Exatamente, meu intuito neste artigo não é criar empresários, e sim ajudar aqueles que realmente se identificam em ser um, pois nem todas as pessoas precisam seguir esse caminho.

Muita gente tem o sonho de ser um atleta, músico, artista, autônomo e até mesmo funcionário, cada um tem suas respectivas vantagens e desvantagens como tudo na vida, a questão é você se autoconhecer e identificar o que será melhor para você e o que você busca na vida.

Ser dono de uma empresa é muito bom, mas também trás diversas responsabilidades, e uma delas é sempre estar se capacitando para melhor atender seu mercado com novas e melhores soluções.

Vamos recapitular alguns pontos.

  • O que realmente é ser um empresário e quais as suas obrigações;
  • Quais as capacitações que um empresário deve ter, e onde podemos obter esses conhecimentos;
  • As diferenças entre as capacitações de um funcionário e um dono de negócio;
  • Não cair na ilusão do empreendedorismo romantizado e entender que é necessário se capacitar;
  • Que existem muitas outras opções além de criar um negócio, a questão é identificar o melhor para você.

Tenho certeza de que este artigo irá fazer alguns donos de negócio reavaliarem os seus estudos, deixando de buscarem conhecimento que os tornam o melhor funcionário da empresa e começarem a focar no crescimento, identificando as oportunidades do mercado e criando soluções para estes consumidores.

Agradeço você por estar aqui, me diga o que achou do artigo nos comentários, exponha sua opinião e deixe sugestões, isso me ajuda muito na hora de criar materiais como este.

Abração e sucesso na vida!

Categoria: Gestão
Post anterior
Como ter resultados na empresa que vão muito além de aumentar o lucro
Menu